O sono do recém-nascido: a importância de criar uma rotina

Os recém-nascidos dormem bastante, mas não por várias horas seguidas, eles costumam acordar de tempo em tempo e isso varia de cada organismo, alguns podem dormir de 2 a 5 horas de uma só vez e outros menos que isto, em um dia inteiro podem chegar a dormir entre 10 a 18 horas, mas sempre de modo espaçado, nunca direto.

Eles acordam com mais frequência no início, pois tem fome e precisam ser amamentados ou também porque já está na hora de trocar a fralda, por isso, é preciso ficar de olho nas mudanças repentinas que passam a interferir no sono de seu recém-nascido.

Estudos apontam que o toque humano e a massagem que você faz em seu bebê é capaz de acalmá-lo, contribuindo para que ele tenha um sono tranquilo e de qualidade.

Estabelecer horas certas para que seu bebê crie o hábito de dormir sempre naquele mesmo horário todos os dias é um grande fator na hora de criar uma rotina de sono para ele e isso é possível após o quinto mês de idade, quando o bebê começa a produzir melatonina – hormônio produzido naturalmente pelo corpo humano e uma de suas funções básicas é a indução ao sono.

Deixar o bebê em contato com fontes de luz próximo a hora de dormir, ou seja, TV, celular, tablet, notebook, etc., atrapalhará na criação dessa rotina de sono que você está criando para ele, pois a luz emitida por cada aparelho confunde o cérebro do bebê e interrompe a produção da melatonina.

Após o sexto mês, seu bebê já passa a ter autonomia para dormir sozinho, por isso é importante criar a rotina desde sempre, para que ele não fique dependente do colo, luzes e até da presença dos pais na hora de ir dormir.

  • Compartilhar
  • Linkedin
  • Pinterest
  • Whatsapp