Papel de pai: Como exercer o seu papel de pai com um filho pequeno?

Com o dia dos pais chegando, é muito comum vermos posts nas redes sociais homenageando os papais e mesmo dos próprios pais enaltecendo o seu papel, e isso é maravilhoso, desde que você, papai que nos lê, esteja exercendo o seu papel de pai com os seus filhos.

Sabemos que esse é um papel que mexe muito com a vida de qualquer pessoa, por isso muitas vezes os pais se veem perdidos e sem saber exatamente como agir, como exercer o seu papel de pai com um filho pequeno, por isso o post de hoje é pra ajudar você, pai que me lê, a ver onde você pode participar ativamente da vida do seu filho e dessa forma ser um pai melhor para o seu pequeno.

Conecte-se com o seu filho

Quanto mais tempo puder passar com o seu filho, melhor será a sua intimidade com ele, mas caso não tenha toda essa disponibilidade de tempo, faça com que o tempo que você tem com ele seja um tempo de qualidade! Conecte-se com o seu filho, fique longe de celular, notebook, trabalho e qualquer outro assunto que possa interferir no seu relacionamento com o seu filho.

Leia, brinque, converse, cante, dê amor e atenção ao seu filho. Esses momentos ficarão para sempre marcados na lembrança e no coração do seu pequeno.

Faça atividades do dia-a-dia com o seu filho

Mais do que só brincar com o seu filho, participe de atividades do cotidiano dele, não deixe isso apenas para a mãe, sendo vocês um casal ou não! Troque fraldas, alimente, dê banho, faça atividades pedagógicas com o seu pequeno. Essas atividades são parte essencial do papel de um pai e ajudam a melhorar o relacionamento com o seu filho pois vai criando vínculo com ele.

Divida tarefas e despesas

Essa é uma dica que vai atingir mais aos pais divorciados, já que quando se é um casal essa parte geralmente acaba acontecendo automaticamente. Divida tudo com a mãe do seu filho: Tarefas como levar e buscar na escolinha, no parquinho, na natação e as despesas de tudo que seja relacionado ao filho, afinal, o filho é dos dois, então as obrigações e responsabilidades são da mãe tanto quanto são do pai.

É importante que tanto a mãe como o pai tenham um tempo para se divertir e fazer aquilo que gostam também, então essa é uma maneira de fazer essa divisão. Quando for a vez da mãe cuidar de si, o pai abraça a tarefa, e vice-versa. Filho feliz com a presença dos pais, e pais com tempo de fazerem suas próprias atividades enquanto seu filho está bem cuidado.

Eduque seu filho

Foi o tempo em que educar era o papel da mãe. Pai e mãe podem e devem participar ativamente da educação de seus filhos orientando e ensinando para que a criança cresça com bons hábitos sociais, alimentares, de valores! Respeito, honestidade, educação, tudo isso se aprende em casa e os pais devem participar ativamente desse ensinamento junto com a mãe. É importante inclusive que os pais estejam alinhados nesse ponto para que não crie uma confusão na cabeça da criança. Caso os pais sejam separados uma conversa franca para alinhar como conduzir a educação de seu filho, torna tudo mais fácil e eficiente.

E essas são algumas dicas para você, papai, que está se sentindo perdido diante da paternidade e sem saber as vezes como exercer esse papel.

Fica aqui o nosso feliz dia dos pais a todos vocês, que tem um papel tão importante e fundamental na criação de seus filhos.

Por @brunapmunhoz

  • Compartilhar
  • Linkedin
  • Pinterest
  • Whatsapp