Trocar a fralda: passo a passo para você não errar!

Saber como trocar a fralda do bebê pode ser uma dúvida muito comum, principalmente, entre os pais de primeira viagem. A primeira gestação é um momento único para descobertas e conhecimento entre mãe e filho. É nesse período que as dúvidas aparecem, e não há nada de errado em procurar ajuda até mesmo para as mais simples.

Trocar a fralda pode ser um desafio nos primeiros dias, no entanto, acaba se tornando uma tarefa corriqueira e de fácil execução, já que será feita inúmeras vezes ao longo do dia. Para ajudar nesse começo, trouxemos o passo a passo de como trocar a fralda do seu bebê. Comece a anotar agora mesmo!

Qual fralda escolher?

Um recém-nascido troca de fralda, no mínimo, 8 vezes ao dia. No mercado é possível encontrar diversos tipos e marcas do produto, e a mãe deve escolher a que melhor atenda às necessidades do bebê, levando conforto e proteção.

Mesmo que comprar em grandes quantidades possa parecer uma ideia econômica, essa ação não é indicada no primeiro mês, pois, a marca ou tipo podem não agradar. Por isso, tenha certeza que sua escolha é a melhor antes de realizar grandes estoques de fraldas.

Onde trocar a fralda do meu bebê?

Os lugares para trocar a fralda do bebê devem ser considerados higienizados e seguros. Para facilitar o processo e proteger o bebê, prefira superfícies rígidas como bancadas, mesas, cômodas, com ou sem um fino acolchoado. Lembre-se que esse espaço deve sempre estar limpo e em temperatura agradável para o conforto do bebê.

Passo a passo para trocar a fralda

É uma grande dor de cabeça quando se inicia a troca de fraldas e percebe que esqueceu algo essencial. Sem a opção de deixar o bebê sozinho, buscar o que faltou pode ser uma dificuldade. Por isso, evite problemas durante o processo de troca deixando o necessário sempre à mão, como:

  • fraldas;
  • cesto de lixo para descartar fralda e algodão sujo;
  • algodão;
  • talco ou creme para assaduras;
  • água em temperatura ambiente ou morna;
  • troca de roupa.

1. Retire a fralda suja

Lave as mãos e cuidadosamente coloque o bebê de barriga para cima no trocador ou superfície limpa que escolher para trocar a fralda. Abra a roupa na parte de baixo do corpo do bebê e também a fralda suja. Dobre a fralda usada e coloque-a embaixo do bumbum do bebê enquanto realiza a limpeza.

Caso seu bebê tenha feito cocô, utilize a parte da frente que estiver limpa para retirar o excesso de sujeira do bumbum, sempre limpando no sentido da frente para trás.

2. Limpe a região íntima do bebê

Com o algodão umedecido na água limpa, limpe a região íntima do bebê delicadamente, sempre da frente para trás, ou seja, do genital para o ânus, evitando possíveis infecções.

Cruze as pernas do bebê e levante-as com uma mão enquanto limpa o bumbum com a outra, da frente para trás. Em meninas, recomenda-se limpar virilhas, vagina e não limpar a região interior. Já em meninos, comece pelas virilhas, pênis, testículos e ânus. Evite puxar o prepúcio para não realizar fissuras e machucados.

Troque o algodão a cada passada, até que comecem a sair limpos, limpando sempre da parte mais limpa para a mais suja. Descarte-os no lixo junto com a fralda suja.

Retire a fralda, enrole da frente para trás e feche-a com as fitas autoadesivas antes de descartá-la. Seque a região íntima do bebê com uma toalha ou fralda seca.

3. Coloque a fralda limpa

Abra a fralda limpa e posicione-a aberta embaixo do bumbum do bebê, um pouco acima da cintura. Com a pele seca, aplique talco ou creme para assadura, caso seja necessário.

Passe a parte do meio entre as pernas da criança, e feche a fralda fixando ambos os lados com as fitas autoadesivas. Lembre-se de deixar a fralda abaixo do coto umbilical, facilitando sua limpeza.

Após trocar a fralda, verifique se a mesma está justa ao corpo do bebê. O ideal é que caiba um dedo entre a fralda e a barriga do bebê, garantindo que esteja firme, porém, sem apertar de forma demasiada. Por fim, passe os dedos nas laterais das pernas para deixar as abas para fora. Vista novamente seu bebê e despreze o material usado.

Períodos de higiene como trocar a fralda vão acontecer com frequência nos primeiros meses. Depois que esse processo se torna rotineiro, os pais podem aproveitar momentos como esse para compartilhar carinho, brincadeiras e conversas com o bebê, estimulando seu desenvolvimento.

Gostou deste conteúdo? Então, assine nossa newsletter para ficar por dentro de dicas como estas!

  • Compartilhar
  • Linkedin
  • Pinterest
  • Whatsapp